menu

Boi Caprichoso referenda luta pela Amazônia com a participação de lideranças na arena

Esse ano, o Boi Caprichoso defenderá o tema "Amazônia Nossa Luta em Poesia."

Boi Caprichoso referenda luta pela Amazônia com a participação de lideranças na arena FOTO: Michel Amazonas Notícia do dia 24/06/2022

O Boi Caprichoso abraça a luta dos povos da floresta com o líder indígena Dário Kopenawa Yanomami, Gilvana Borari, Alessandra, Luciane e Pauline Mundurucu, da Associação de Mulheres Indígenas Suraras do Rio Tapajós, todos impactados pelo garimpo. Quem chega a Parintins nesta sexta-feira (24/06), para se juntar às lideranças presentes no espetáculo "Amazônia Nossa Luta em Poesia", é a ambientalista Angela Mendes, filha do seringueiro, Chico Mendes. 

 

A participação do grupo foi revelada pelo Caprichoso durante a coletiva de imprensa de anúncio do roteiro do boi de arena do bumbá aberta pelo presidente, Jender Lobato, nesta quinta-feira (23/06). A apresentação do projeto do Boi Caprichoso, em defesa do título 55º Festival Folclórico de Parintins, também ficou marcado por homenagem ao indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Philips feita pelo diretor de comunicação do bumbá, Carlos Alexandre. 

 

O Boi Caprichoso emocionou os profissionais presentes com a toada "Vale do Javari", em honra aos defensores da Amazônia, assassinados no dia 05 de junho. De acordo com o presidente do Conselho de Artes, Ericky Nakanome, o Caprichoso leva para a arena do Bumbódromo não apenas a poesia, mas a luta verdadeira. "É uma luta real que o Caprichoso conta, canta e encanta. Escolhemos referendar essas importantes pessoas dentro de suas lutas", reafirmou.