menu

Pressão de Eduardo e parlamentares obriga governo a suspender portaria prejudicial à indústria e ao AM

Pressão de Eduardo e parlamentares obriga governo a suspender portaria prejudicial à indústria e ao AM O senador anunciou que o Ministério da Economia suspendeu os efeitos da Portaria 309/2019 até 30 de agosto. Foto: Vagner carvalho / Divulgação. Notícia do dia 11/07/2019

Tadeu de Souza

Brasília (DF) - O senador Eduardo Braga (MDB/AM) anunciou, na manhã desta quarta-feira (10/07), que o Ministério da Economia suspendeu os efeitos da Portaria 309/2019 até 30 de agosto.

 

Editada em 24 de junho, a matéria reduzia o imposto de importação sobre bens de capital e de informática e telecomunicações que não tenham produção nacional equivalente.

 

Com isso, colocaria em risco a sobrevivência da indústria nacional e a manutenção dos 5 milhões de empregos, diretos e indiretos, gerados pelo setor. Mais de 15 mil deles estão no Amazonas. “O ministério teve a sensibilidade de compreender de que havia a necessidade de aprofundar o assunto. Esperamos que, até 30 de agosto, haja uma solução”, disse o parlamentar durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. “Essa foi uma obra coletiva. Trata-se de uma conquista do Senado para garantir e ampliar os postos de trabalho no Brasil”, completou.

 

A decisão da pasta é fruto de intensa articulação entre Eduardo, os demais parlamentares federais do Amazonas, representantes do setor e integrantes da equipe econômica.