menu

Concurso Público e asfaltamento do Distrito Industrial são cobrados por Vereadora Brena Dianná

Atendendo a pedidos, vereadora Brena Dianná visita o Distrito Industrial para conversar com os moradores da localidade, que já não aguentam mais viver naquelas condições.

Concurso Público e asfaltamento do Distrito Industrial são cobrados por Vereadora Brena Dianná FOTO: Simone Brandão Notícia do dia 29/03/2022

A recorrente reclamação da população parintinense pela regularização dos cargos da administração pública voltou a ser questionada pela vereadora Brena Dianná (PSD), que utilizou seu espaço na Câmara Municipal de Parintins, nesta segunda-feira (28), para expor e cobrar explicações sobre a realização de concurso público, proposta em 2021.  

 

"A pelo menos seis anos não há concurso público em Parintins. Em 2021, solicitei, além do concurso público, as informações da comissão que foi criada para estar à frente deste certame para fazer todos os trâmites, como edital, levantamento dos cargos a serem preenchidos e a data para a realização do tão esperado Concurso Público. Agora, solicito novamente o cronograma de ações dessa comissão para este ano, como a publicação do edital, vagas, data para a realização e outras providências para que haja um acompanhamento e uma cobrança incisiva e assim o concurso venha a acontecer de fato e de direto”, enfatizou vereadora Brena Dianná. 

 

Vale ressaltar que para a investidura de cargo público é obrigatório concurso público, porém a prefeitura de Parintins vem se esquivando dessa obrigatoriedade prevista em lei, já que há mais de 06 anos não realizou nenhum tipo de concurso público por diversos motivos que devem ser sanados sob pena de improbidade administrativa.   

 

E atendendo aos pedidos a vereadora Brena Dianná esteve visitando o Distrito Industrial para conversar com os moradores da localidade que já não aguentam mais viver naquelas condições.

 

“Todos os dias a realidade é lixo, lama e buracos durante o trajeto de saída e entrada, onde é extremamente dificultoso trafegar com carro, moto, bicicleta ou outro meio de locomoção. Onde muitas vezes é necessário que os moradores dali empurrem seus veículos até a rua asfaltada mais próxima, e isso leva quilômetros até chegar na rua mais apropriada para seguirem assim para as suas atividades do dia”, relatou a vereadora. 

 

Bem próximo fica a lixeira pública do município e é trecho de entrada e saída de outros bairros como Jacareacanga, Lady Laura e Pascoal Alagio. Os moradores daquela região se sentem abandonados e afirmam que isso é um descaso com eles, onde todos os dias eles têm que se sujeitar ao constrangimento de ter seus veículos prejudicados, pois da forma como se encontram as ruas não há veículo que aguente os impactos da realidade que se encontraram os acessos, muitos já sofreram acidentes ali, bem como todos os dias a população passa por enormes poças de lama e não tem como entrar e nem sair dali com dignidade. 

 

Quem conhece aquela localidade e anda por ali, sabe que nunca houve asfalto e essa necessidade se faz real há anos. Trabalhadores, alunos e a população em geral pedem o asfaltamento e todas as melhorias possíveis e cabíveis para aquela região. A vereadora que ali esteve presente e vem cobrando melhorias e asfalto para as ruas que necessitam vai cobrar medidas eficientes para que minimize os impactos que essa ausência de ação vem afetando a população que ali moram. 

 

“É necessário que as cobranças continuem sendo feitas, acredito que a administração pública tenha conhecimento dessa situação, mas o que queremos é ver as ações sendo feitas, as boas intenções na prática. O povo tá sofrendo e vai continuar sofrendo até quando?”, finalizou a vereadora.