menu

Servidores da saúde do Estado protestam por reajuste salarial, em Parintins

Profissionais reivindicam ainda pagamento do data-base, congelado desde 2016

Servidores da saúde do Estado protestam por reajuste salarial, em Parintins Foto: Divulgação Notícia do dia 06/01/2021

Da Redação

Parintins/AM - Um grupo de servidores da saúde do Estado do Amazonas, que atuam em Parintins, foi às ruas do município, na manhã desta quarta-feira (6/1), em protesto para reivindicar que o governo do Estado pague reajuste salarial e data-base, que segundo os profissionais, está congelado desde 2016.

 

A manifestação iniciou por volta das 7h, na praça da Catedral de Nossa Senhora do Carmo, no Centro de Parintins.

 

Do local, os servidores seguiram em um buzinaço pelas ruas e o protesto encerrou em frente ao Hospital Jofre Cohen – referência no tratamento da covid-19, localizado no bairro Santa Clara.

 

Os funcionários da saúde exigem ainda que o auxílio alimentação seja pago em dinheiro e não no cartão, como o governo do Estado pretende implantar, além de auxílio transporte, gratificação de insalubridade, adicional noturno, entre outros.

 

“Desde 2010 nós não temos reajuste, nosso data-base está atrasado desde 2016 [...] não estamos pedindo nada, é só o nosso direito, que está sendo negado”, afirmou a servidora da saúde, Rúbia Duarte.