menu

Pré-candidato Júnior Dutra busca vaga na Câmara Municipal de Manaus pelo PTB

Júnior já tem amplo conhecimento em questões políticas, um dos fatores que fez com que ele, através de apoio de amigos e familiares, concorresse a uma vaga no legislativo manauara

Pré-candidato Júnior Dutra busca vaga na Câmara Municipal de Manaus pelo PTB Foto: Yure Amore Notícia do dia 28/08/2020

Da Redação

Manaus/AM - João José Dutra, conhecido popularmente como Júnior Dutra, 50 anos, é o novo nome à pré-candidato, pelo Partido Trabalhista brasileiro (PTB), ao cargo de Vereador da cidade de Manaus.



Empresário no ramo da construção civil, Júnior é casado, pai de família dedicado que já guiou dois filhos à graduação e que já prepara o caçula de 5 anos para trilhar um caminho de sucesso obtido por uma boa educação. O pré-candidato relata de uma forma descontraída que não terá problemas em ficar longe de corrupção. “Sou marido de uma fiscal da lei, não tenho como fazer coisa errada", brinca Júnior, se referindo à sua esposa, promotora de Justiça no Amazonas.

 

Júnior já tem amplo conhecimento em questões políticas, um dos fatores que fez com que ele, através de apoio de amigos e familiares, concorresse a uma vaga na Câmara Municipal de Manaus (CMM).



Com pautas voltadas a necessidade da comunidade de baixa renda, o pré-candidato garante representar a população com honra e compromisso.

O pré-canditado tem como lema “acordar cedo, arregaçar as mangas e trabalhar”. Mostra-se otimista e preparado, para assumir o cargo e transformar a cidade em um lugar de melhor.

“A câmara municipal não é quintal pra prefeitura. Teremos um campo ao público aberto para receber denúncias e reclamações”, desabafa Junior Dutra, dando prioridade a lealdade com o povo.

 

Uma de suas grandes preocupações com a cidade é a falta de saneamento, que ocasiona problemas na mobilidade, transportes e afeta diretamente na saúde pública.

 

Logo que permitido, Júnior mostrará propostas para uma organização geral na capital do Amazonas com ajudas até internacionais.



Texto: Nathália Barroso