menu

Wilson Lima anuncia liberação de mais R$ 23,4 milhões do FTI aos municípios do interior

O recurso é para investimentos no combate à Covid-19

Wilson Lima anuncia liberação de mais R$ 23,4 milhões do FTI aos municípios do interior Foto: Diego Peres/Secom Notícia do dia 28/05/2020

Da Redação

Manaus/AM - Em reunião com os prefeitos do interior, na tarde desta quinta-feira (28/05), o governador Wilson Lima anunciou o repasse aos 61 municípios da segunda parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI), na ordem de R$ 23,4 milhões, para investimentos no combate à Covid-19.

 

Com a nova parcela, que deve ser liberada nos próximos dez dias, o interior totalizará cerca de R$ 46,8 milhões em recursos recebidos do Governo do Estado desde o início da pandemia.

 

“Aqui eu anunciei a liberação da segunda parcela do FTI, que é um recurso que nós aprovamos ano passado pela Assembleia Legislativa, para fazer um repasse ao interior, de um percentual, para que fosse voltado para a saúde e que tem ajudado muitos prefeitos nesse período de pandemia”, afirmou Wilson Lima.

 

O governador também destacou a importância do alinhamento com os gestores municipais, principalmente na questão da retomada das atividades não essenciais. Conforme o planejamento anunciado ontem (27/05), a decisão de reabertura gradual ficará a cargo das prefeituras.

 

“Dentre os assuntos que nós abordamos aqui estava a flexibilização e o retorno das atividades graduais do comércio. Nós estamos tomando essa decisão aqui para a capital, mas em comum acordo com os prefeitos ficou decidido que essa flexibilização vai ser feita por cada prefeito, que eles têm condição de avaliar melhor qual a sua realidade”, frisou o governador, reiterando que o transporte fluvial de passageiros continuará suspenso em todo Amazonas como medida de prevenção ao aumento de casos no interior.

 

Na ocasião, a secretária de Saúde, Simone Papaiz, também apresentou aos prefeitos o conjunto de estratégias que o Estado vem adotando para ampliar o suporte aos municípios no atendimento aos casos de Covid-19. Entre elas estão a abertura de leitos de UCI nos municípios polo e o envio de equipamentos e insumos.

 

“Nós estávamos com 80 leitos de Unidades de Cuidados Intensivos (UCIs) distribuídos nos municípios do interior. Com a entrega de novos equipamentos, nós passaremos a ter 110 leitos, o que dará condições para que o município possa manter o tratamento a esse paciente num quadro moderado da doença. Caso haja agravamento desse quadro, nós também temos a UTI aérea para fazer o transporte até as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) localizadas aqui na capital”, explicou Simone.

 

União de esforços

Dezenove prefeitos participaram da reunião presencialmente, na sede do Governo do Estado, na Compensa, e 23 por meio de videoconferência. Segundo o prefeito de Novo Airão, Frederico Júnior, o diálogo com os gestores municipais reflete a preocupação do governo estadual com o controle da pandemia no interior.

 

“Foi muito produtivo, acredito que após o término dessa reunião a gente sai daqui com mais esperança de dias melhores, de um trabalho mais em conjunto com o Governo do Estado”, disse.

 

Para o prefeito de Manacapuru, Beto D’Ângelo, a hora é de somar esforços para reduzir os impactos do coronavírus nos municípios, que têm registrado um aumento de casos confirmados.

 

“É importante unificarmos as ações e as informações para termos um diagnóstico do que está acontecendo no Estado e nos municípios de modo geral. Isso vai atenuar, vai fazer com que os prefeitos tenham suporte necessário para o combate ao coronavírus”, afirmou.