menu

Polícia Civil apreende R$ 500 mil em maconha que vinha de Tefé para Manaus

O suspeito preso receberia a quantia de R$ 20 mil quando entregasse esse material em Manaus

Polícia Civil apreende R$ 500 mil em maconha que vinha de Tefé para Manaus A apreensão da droga avaliada em R$ 500 mil foi um duro golpe para o crime organizado - Foto: Suyanne Lima Notícia do dia 28/05/2020

Da Redação

Manaus/AM - Frank Lima da Costa, de 34 anos, foi preso na madrugada desta quarta-feira (27), por volta de meia-noite, em ação policial deflagrada pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). Ele estava transportando 85 quilos de maconha do tipo skunk avaliados em R$ 500 mil. A droga estava em uma embarcação vinda de Tefé para Manaus.

 

Conforme o delegado Paulo Mavignier, diretor do Denarc, a ação policial foi realizada após denúncia anônima e teve apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, Delegacia Fluvial (Deflu) e agentes da Receita Federal.

 

“Abordamos a embarcação e o cão Odin da Receita Federal rapidamente sinalizou quando passou próximo a um bote de alumínio, que estava sendo transportado por um passageiro. As drogas estavam escondidas embaixo dos assentos do bote e o Frank estava viajando em um dos camarotes da embarcação. Ele contou que receberia a quantia de R$ 20 mil quando entregasse esse material aqui na capital”, explicou Mavignier.

 

O delegado Juan Valério, diretor do Grupo Fera, argumentou que a apreensão da droga avaliada em R$ 500 mil foi um duro golpe para o crime organizado.

 

“Sabemos que após misturadas, essas substâncias entorpecentes poderiam render lucros três vezes maiores. Com essa apreensão, quem perde é o crime. Fizemos uma ação com toda a cautela e conseguimos esse resultado positivo”, destacou.

 

Procedimentos

Frank foi levado ao prédio da DIP de Manacapuru, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ele irá permanecer na carceragem da delegacia à disposição da Justiça.

 

Já o material entorpecente foi apresentado na base do Denarc e passará por perícia.

 

*Com informações do Portal Em Tempo